Brincadeiras de Roda: cantigas de roda tradicionais e suas brincadeiras

0

As brincadeiras de roda são trabalhadas sempre com cantigas de roda, ou seja, canções folclóricas há muito tempo ensinadas para diversas pessoas e evidentemente, repassadas ao longo dos anos. 

Brincadeiras de Roda cantigas de roda tradicionais e suas brincadeiras
Fonte/Reprodução: original

Essas atividades devem ser produzidas na escola para ter um melhor aproveitamento, além de o professor poder anotar diversas informações sobre cada criança na etapa de brincadeiras.

Qual é a função das cantigas de roda para as crianças?

Sobretudo, cantigas de roda fazem parte da educação infantil desde muito tempo. Com esse estilo de brincadeira, torna-se possível desenvolver não somente um dos cinco sentidos – no caso da audição -, como movimentos, equilíbrio e linguagem oral e memória.

Brincadeiras de Roda cantigas de roda tradicionais e suas brincadeiras (2)
Fonte/Reprodução: original

Essa brincadeira instiga as crianças a se interessarem mais pelo âmbito musical, ou seja, podem se tornar músicos no futuro. Elas terão maior conhecimento sobre aquilo que pretendem exercer no futuro.

As brincadeiras de roda são a porta de entrada para adentrar em um universo mágico, mais conhecido como a imaginação. Aliás, há uma extrema importância no que se diz relações e construção de laços na vida infantil, pois fará com que as crianças se tornem amigos e aprendam a respeitar suas diferenças.

Qual o objetivo das cantigas de roda?

Brincadeiras de roda servem para revisitar manifestações culturais, além de auxiliar diretamente no desenvolvimento de consciência corporal, ampliar o repertório musical, aprimorar a coordenação motora grossa e estimular a memória musical.

Note que, quando crianças estão em fase de desenvolvimento para a adolescência e ainda sabem cantar cantigas como se tivessem aprendido-as há menos de 24 horas, a memória terá sido muito bem trabalhada e é um detalhe extremamente importante na vida das crianças: o professor deve trabalhar a memorização.

Brincadeiras de roda, como um todo, mostra-se a manifestação cultural do folclore brasileiro, que deve ser ensinado para todas as crianças em fase de desenvolvimento.

Quais são as características das cantigas de roda?

Cantigas de roda, naturalmente são, canções populares ligadas diretamente às brincadeiras de roda. Ou seja, há uma melodia com ritmo em evidência, costumeiramente são rápidos e favorecem uma assimilação mais rápida. 

As letras sempre serão simplificadas, forradas de rimas, trocadilhos e muitas repetições. É exatamente isso o que torna a música uma excelente brincadeira para ser trabalhada com as crianças fora de sala de aula.

Uma variedade de canções são produções anônimas sendo ensinadas de modo oral para todas as crianças, bem como as famosas lendas folclóricas. Existem coreografias que podem ser instigadas nas crianças, inclusive.

Quais são as brincadeiras de roda mais populares?

Existem muitas cantigas para serem feitas brincadeiras de roda, porém, as mais conhecidas no Brasil se trata da Ciranda, Cirandinha, Atirei um pau no Gato, Capelinha de Melão, Escravos de Jó, Borboletinha, A Dona Aranha e por fim, A Barata diz que Tem.

É provável que muitos adultos nascidos em meados dos anos 90 e 2000 conheçam perfeitamente essas canções e saibam as letras até os dias atuais, e isso simplesmente significa que por haver uma repetição dessas brincadeiras, ativou uma memória importante na vida de cada criança.

O objeto de permanecer com as brincadeiras de roda e suas cantigas, se dão justamente por esse fato: fazer com que as crianças aprendam, se divirtam e acima de tudo relembrem de sua infância com carinho, de modo que repassem as cantigas para seus filhos no futuro.

Ciranda, Cirandinha

Muito antes de iniciar as brincadeiras de roda, tenha certeza de que todas as crianças conhecem ao menos três músicas do repertório que apresentará para elas em sala de aula. Imprima a letra da canção para ter melhores resultados durante as brincadeiras.

Letra da canção: Ciranda, cirandinha

Vamos todos cirandar

Vamos dar a meia volta

Volta e meia, vamos dar

O anel que tu me deste

Era vidro e se quebrou

O amor que tu me tinhas

Era pouco e se acabou

Por isso Dona Chica

Entre dentro dessa roda

Diga um verso bem bonito

Batatinha quando nasce esparrama pelo chão

Menininha quando dorme põe a mão no coração

Diga adeus e vá-se embora

Ciranda, cirandinha

Vamos todos cirandar

Vamos dar a meia volta

Volta e meia, vamos dar

O anel que tu me deste

Era vidro e se quebrou

O amor que tu me tinhas

Era pouco e se acabou

Por isso Dona Chica

Entre dentro desta roda

Diga um verso bem bonito

A-do-le-ta

Le petit petit to la, le café com chocolá

A-do-le-ta

Puxa o rabo do tatu, quem saiu foi tu

Puxa o rabo da pantera, quem saiu foi ela

Tapa o furo do pneu, quem saiu fui eu

Diga adeus e vá-se embora

Ciranda, cirandinha

Vamos todos cirandar

Vamos dar a meia volta

Volta e meia, vamos dar

O anel que tu me deste

Era vidro e se quebrou

O amor que tu me tinhas

Era pouco e se acabou

Por isso Dona Chica

Entre dentro desta roda

Diga um verso bem bonito

A galinha do vizinho bota ovo amarelinho

Bota um, bota dois, bota três, bota quatro, bota mil

Diga adeus e vá-se embora

Como realizar a atividade: para realizar a atividade de Ciranda Cirandinha, reúna todas as crianças no pátio da escola em um círculo grandioso com todas de mãos dadas. A partir do momento em que todas as crianças e o professor estiverem na roda, deverão se atentar para a brincadeira que consiste em dizer um verso no centro da roda.

Atirei o Pau no Gato

Primeiramente, nesta atividade o professor deverá explicar aos alunos que qualquer tipo de maus tratos aos animais é crime, além disso, a música deve ser apenas cantada e não representada com atos. As crianças não sabem a diferença entre o certo errado, por mais que seja nítido para os professores, as crianças não são. Lembre-se, elas estão em fase de desenvolvimento.

Letra da canção: 
Atirei o pau no gato

Mas o gato não morreu

Dona Chica admirou-se

Do berro, do berro que o gato deu

Miau!

Atirei o pau no gato

Mas o gato não morreu

Dona Chica admirou-se

Do berro, do berro que o gato deu

Miau!

Miau miau miau

Miau miau miau

Miau miau miau

Miau miau miau

Miau miau miau

Miau miau miau

Miau miau miau

Atirei o pau no gato

Mas o gato não morreu

Dona Chica admirou-se

Do berro, do berro que o gato deu

Miau!

Não atire o pau no gato

Por que isso

Não se faz

O gatinho é nosso amigo

Não devemos maltratar os animais

Jamais!

Como fazer a brincadeira: O professor deve apresentar a canção para as crianças e ensiná-las a cantar, além disso, essa brincadeira serve como um incentivo para que ninguém maltrate os animais. As crianças podem dramatizar algumas cenas do gato e da Dona Chica, para tornar a brincadeira de roda mais divertida.

Capelinha de Melão

A brincadeira de roda com a cantiga capelinha de melão é costumeiramente realizada somente em épocas de festa junina, onde as crianças estarão ainda mais empolgadas para dançarem na festividade para que todos os pais possam ver.

Letra da canção:

Capelinha de melão, é de São João

É de cravo, é de rosa

É de manjericão

Apanhei rosas pelos caminhos

As mensageiras do meu amor

Tu me fizeste, com seus espinhos

Uma coroa de dor

Capelinha de melão, é de São João

É de cravo, é de rosa

É de manjericão

Mandei-te cravos, tu não ligaste

E nem lhes deste nenhum valor

Com duros cravos, tu me pregaste

Na cruz do teu falso amor

Capelinha de melão, é de São João

É de cravo, é de rosa

É de manjericão

Apanhei rosas pelos caminhos

As mensageiras do meu amor

Tu me fizeste com seus espinhos

Uma coroa de dor

Capelinha de melão, é de São João

É de cravo, é de rosa

É de manjericão

Como fazer a brincadeira: essa brincadeira será ensaiada em um espaço amplo, especificamente a quadra esportiva do colégio ou o pátio. As meninas devem estar com uma capelinha de flores acima da cabeça e todos cantarão a música com uma lanterna com uma vela acesa, bem como uma bandeirola que representa São João.

Escravos de Jó

A brincadeira com a cantiga Escravos de Jó, exige maior concentração e agilidade por parte das crianças. Note que essa música possui uma história muito importante aos negros na época da escravidão.

Letra da canção:

Escravos de Jó

Jogavam caxangá

Tira, põe

Deixa ficar

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Escravos de Jó

Jogavam caxangá

Tira, põe

Deixa ficar

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Escravos de Jó

Jogavam caxangá

Tira, põe

Deixa ficar

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Escravos de Jó

Jogavam caxangá

Tira, põe

Deixa ficar

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Guerreiros com guerreiros

Fazem zigue-zigue-zá

Como fazer a brincadeira: dentre muitas brincadeiras de roda, as crianças deverão se sentar em círculo e segurar pedrinhas em suas mãos ou um pequeno objeto que será passado de criança em criança, sempre na coreografia de “vai e vem”, em que deverá ser seguido o ritmo.

Borboletinha

Borboletinha é uma das brincadeiras de roda mais antigas e divertidas. Todos conhecem e sabem a letra até os dias de hoje. O professor deve trabalhar com a letra primeiramente, em sala de aula, para que as crianças memorizem a letra.

Letra da canção: 

Borboletinha tá na cozinha

Fazendo chocolate para a madrinha

Poti-poti

Perna de pau

Olho de vidro

E nariz de pica-pau

Pau-pau

Borboletinha tá na cozinha

Fazendo chocolate para a madrinha

Poti-poti

Perna de pau

Olho de vidro

E nariz de pica-pau

Pau-pau

Borboletinha tá na cozinha

Fazendo chocolate para a madrinha

Poti-poti

Perna de pau

Olho de vidro

E nariz de pica-pau

Borboletinha tá na cozinha

Fazendo chocolate para a madrinha

Poti-poti

Perna de pau

Olho de vidro

E nariz de pica-pau

Pau-pau

Como fazer a brincadeira: uma das brincadeiras de roda mais tradicionais do Brasil, simplesmente exige que as crianças escolham uma comida para colocar no lugar do chocolate. O professor deverá explicar que cada criança pode escolher uma comida diferente. Todos devem se sentar em roda.

A Barata Diz que Tem

A principal estratégia para a cantiga de roda da Barata Diz que Tem, se dá pelo fato de que o professor colocará a música para tocar em sala de aula, enquanto as crianças escutam e produzem a atividade de desenhar e pintar, na qual mexe diretamente com a coordenação motora fina.

Letra da canção:

A Barata diz que tem

Sete saias de filó

É mentira da Barata

Ela tem é uma só

Ha, ha, ha, ho, ho, ho

Ela tem é uma só

Ha, ha, ha, ho, ho, ho

Ela tem é uma só

A Barata diz que tem

Um anel de formatura

É mentira da Barata

Ela tem é casca dura

Ha, ha, ha, ho, ho, ho

Ela tem é casca dura

Ha, ha, ha, ho, ho, ho

Ela tem é casca dura

A Barata diz que tem

Um sapato de fivela

É mentira da Barata

O sapato é da mãe dela

Ha, ha, ha, ho, ho, ho

O sapato é da mãe dela

Ha, ha, ha, ho, ho, ho

O sapato é da mãe dela

Como fazer a brincadeira: nesta brincadeira, o professor pode pedir para as crianças desenharem a barata e todas as coisas que ela diz ter na cantiga de roda, posteriormente, colorir o desenho.

Trabalhar com brincadeiras de roda é uma das atividades mais sadias que os professores de ensino fundamental podem recorrer, isto porque mexe sempre com a memorização das crianças, bem como a criatividade, e comunicação entre as próprias crianças.

Leave A Reply

Your email address will not be published.