Groelândia: Gronelândia Nuuk e suas curiosidades

0

Vikings, esquimós, aurora boreal, trenós, baleias, focas e muito gelo são alguns dos elementos que pertencem à história da maior ilha do mundo: a Groelândia. Esse imenso território, apesar de estar geograficamente mais próximo da América do Norte, pertence à Dinamarca. 

Groelândia Gronelândia Nuuk e suas curiosidades

É um lugar onde a natureza selvagem predomina, com muitas belezas naturais e um clima extremamente frio. Nesse artigo, aprenda um pouco mais da história, características e curiosidades sobre Groelândia.

Quais as principais características da Groelândia?

A Groelândia, ou Gronelândia, é uma ilha de 2.166.00 km² localizada na América do Norte, mas que pertence à Dinamarca. É a maior ilha do planeta, por ter um clima ártico, 80% do seu território é coberto por gelo, além de ser considerada a segunda maior reserva de gelo do mundo, atrás apenas da Antártida. 

Sua população é muito pequena, com 57 mil habitantes, e o idioma oficial é o groenlandês, enquanto o dinamarquês é ensinado nas escolas como segunda língua. A capital da Groenlândia é a pequena cidade de Nuuk, situada na costa sudoeste da ilha.

Em 984 d.C, a Groelândia era colonizada por vikings noruegueses, antigos guerreiros nórdicos que viajavam o mundo em grandes barcos e saqueavam cidades. Os colonizadores permaneceram na ilha por cerca de 500 anos, e depois desapareceram. 

Acredita-se que o motivo do desaparecimento dos vikings pode ter sido a desnutrição, pois o clima extremamente frio e inóspito da Groelândia dificultou a sobrevivência, e apenas os nativos, Inuits e esquimós conseguiram permanecer. No presente, a ilha é habitada majoritariamente pelos nativos, e apenas 12% da sua população é de origem dinamarquesa.

A Groelândia recebeu sua autonomia administrativa em 1979, portanto, é uma monarquia constitucional parlamentarista, governado pela Rainha Margarida II, da Dinamarca, mas que possui seu próprio parlamento eleito democraticamente, com 31 membros e um Primeiro Ministro, que no momento atual é Múte Bourup Egede, eleito em abril de 2021.

Um dos fenômenos da natureza mais bonitos é a Aurora Boreal, um verdadeiro espetáculo de luzes coloridas que aparecem no céu da região polar norte, é possível de ser observado na Groelândia. 

A Aurora Boreal só não pode ser vista na ilha durante o verão, de Junho a Agosto, quando os dias são mais longos e acontece o fenômeno do ‘sol da meia-noite’, em que a luz do sol é visível por 24h, durante dois dias inteiros.

Quais as cidades que compõem a Groelândia?

A Gronelândia é, desde 2009, dividida em quatro municípios: Qaasuitsup, Qeqqata, Sermersooq (onde se encontra a capital da ilha e cidade mais populosa, Nuuk) e Kujalleq. Com a capital, as 10 cidades mais populosas da ilha são Sisimiut, Ilulissat, Qaqortoq, Aasiaat, Maniitsoq, Tasiilaq, Paamiut, Narsaq e Nanortalik.

Como é morar na Groelândia?

A maior parte da população Groelandesa é composta por nativos, os chamados Inuits, e Esquimós. Em sua maioria, o povo groenlandês construiu suas casas nos chamados fiordes, que são caracterizados por ter vales de rochas inundados pelo mar. 

A razão é utilizar a mesma estratégia dos antigos vikings, aproveitar os fiordes para se proteger dos ventos gelados trazidos pelas tempestades de neves e dos enormes icebergs que passam pelo local.

A população é pequena, com 57 mil moradores, possui um PIB per capita de 54.470, 96 dólares, parecido com algumas economias da Europa, e um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,927. Se fosse um país, estaria no ranking dos maiores IDHs do mundo. A moeda local é a Coroa Dinamarquesa.

A Gronelândia é uma terra muito rica em recursos minerais, como ouro, minério de ferro, platina, chumbo, zinco, carvão, molibdênio e urânio, e sua economia está sustentada basicamente pela extração desses minérios, além de uma indústria de processamento de peixes e crustáceos, caça de focas e baleias e pesca e importação de camarões.

Pratos típicos da Groelândia

A culinária típica da Groenlândia é bastante exótica, baseada principalmente na carne de focas e baleias, pratos derivados da cultura Inuit, que sobrevive da caça desses animais há séculos. 

Um exemplo de prato é o Muktuk, que consiste em pele de baleia crua e congelada e gordura, e o sabor lembra o de um cogumelo cozido. Hoje, todas as baleias caçadas são determinadas por uma cota estrita.

Não há regulamentação para a caça de focas, no entanto, a população geralmente não caça mais do que o necessário para se alimentar. A carne de foca é macia, após cozida na água fervente por cerca de uma hora possui uma coloração marrom parecida com a do chocolate. 

Além da foca e da baleia, outras carnes bastantes consumidas na grande ilha são as de rena (principalmente no mês de setembro, quando acontece a caça deste animal) e de cordeiro. E, naturalmente, os frutos do mar são bastante apreciados na Groelândia, são consumidos peixes como o salmão, o capelim e a truta, além do camarão.

5 curiosidades sobre a Groelândia

Abaixo, conheça alguns pontos bem peculiares sobre essa ilha:

  • A Groenlândia tem o maior parque nacional do mundo, o Parque Nacional do Nordeste da Groenlândia. Ele possui uma área de aproximadamente 972.000 km², que é quase o tamanho do território do Egito.
  • O iceberg responsável pelo naufrágio o famoso navio Titanic, partiu da Gronelândia, mais precisamente da geleira glaciar Jakobshavn, que fica nos arredores da cidade de Ilulissat, responsável por cerca de 10% dos icebergs da desprendidos da ilha.
  • O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já tentou comprar a Groenlândia por cerca de 1 trilhão de dólares em 2019. No entanto, os groelandeses ignoraram a proposta, e nem mesmo quiseram ouvir a oferta.
  • O nome Groelândia, do dinamarquês Gronland, quer dizer Terra Verde. Apesar de, nos dias de hoje, ser uma terra branca, cientistas já comprovaram que há mais de 2,5 milhões de anos a ilha era realmente verde, essas evidências estão enterradas embaixo de mais de 3 km de gelo.
  • No dia mais longo do ano na Groenlândia, acontece o fenômeno do sol da meia-noite. É um feriado nacional na grande ilha.

A Groenlândia é um destino bem interessante para quem ama aprender sobre novas culturas.

Nuuk, quais as características da capital da Groelândia?

Nuuk, a capital da Groenlândia, está situada no sudeste da ilha, e se tornou o seu centro administrativo durante a Segunda Guerra Mundial. Nesta cidade é onde vive a maior parte da população groelandesa, com mais de 17 mil pessoas. 

Também é a cidade com mais atrações e atividades para fazer na ilha, como restaurantes e museus, como o Museu de Arte de Nuuk e o Museu Nacional da Groelândia, por exemplo. Há ainda um lugar chamado Katuaq, que é um centro cultural onde acontecem concertos, exposições, conferências e cinema.

Pontos turísticos da Groelândia

As melhores atrações turísticas na Gronelândia com certeza são as atividades ao ar livre, como o passeio de barco para Kapissilit, uma expedição em busca da Aurora Boreal em Nuuk, a pesca no gelo e um passeio de trenó puxado por caẽs em Uummannaq.

Outra opção é o Icecamp Greenland, um acampamento rodeado por montanhas, com atividades como tour fotográfico pela ilha, tour de barco, trilhas, pescaria, entre outras muitas.

A Groenlândia é um lugar muito distinto, com uma natureza selvagem e inóspita, que abriga uma cultura ainda pouco conhecida do resto do mundo. 

O seu povo nativo tem a própria língua, que é o groelandês, se mantém da caça de focas e baleias e constroem suas moradias em meio aos fiordes como uma medida para se proteger do clima frio, uma herança da cultura há séculos. 

A Gronelândia já sobreviveu à colonização uma vez, e apesar de estar submetida à administração da Dinamarca, continua a manter a sua própria cultura e costumes.

Leave A Reply

Your email address will not be published.